Feliz Ano Novo Egípcio e Maia! 26 de julho

Atualizado: Jan 3

Feliz Ano Novo! Durante 6.000 em nossa história, seria essa a mensagem desta noite de 25 de julho.

Os egípcios, maias e civilizações antigas adotavam um calendário de 13 meses e 28 dias (ciclo das fases da lua). Segundo a arqueologia, o início do calendário egípcio é marcado pelo nascer helíaco de Sírus, dia 26 de Julho.


O interessante desses estudos é que nos despertam a pergunta sobre qual o padrão de tempo que seguimos atualmente.

Criado na Babilônia, o nosso calendário gregoriano foi instituído a partir de motivações políticas/econômicas e chegou até a ter 18 meses no período Romano.

Foi Júlio César que determinou o calendário atual com os dias bissextos e o mês “Julho”, em uma auto homenagem. Mais tarde o Imperador Augusto, instituiu o 31 dias em Agosto, para se igualar aos 31 dias Julho do imperador Julho César.

O calendários gregoriano que utilizamos atualmente não segue nenhum ciclo biológico, lunar, solar ou nada que se relacione com ciclos do planeta ou universo.

Muitos defendem que essa não-harmonia com os ciclos naturais afeta a psiquê e o emocional levando a consequências negativas para a saúde.

Existem atualmente muitas pessoas que seguem outros tipos de calendários, especialmente dos Maias (veja mais em www.sincronariodapaz.org).

Existem até projetos sendo analisados pela ONU que propõem a alteração do nosso calendário para o sistemas que segeum ciclos naturais, como lunares (13 meses/28dias).

Um assunto complexo que não será concluído em um breve texto. Mas escrevo como um incentivo para refletir sobre novos pontos de vista.

Acredito que a adequação do nosso calendário será uma das transformações que precisaremos passar em novos tempos de regeneração do planeta e de nós mesmos.

Precisamos nos reconectar com os ciclos da vida. Compreender suas leis, aprender com suas lições e viver em harmonia.

Todos os esforços para deixarmos o mundo mais propício para o cultivar do sentimento mais importante da nossa evolução: O Amor.

0 comentário
 
Fabiano Porto 2019 - Copy - Copy (2).jpg

Fabiano Porto

Jornalista cofundador do Instituto Regeneração Global e movido a compartilhar as evidências da transição planetária e a nova consciência de regeneração.

Profissionais do Autoconhecimento

Conheça ferramentas e técnicas oferecidas por profissionais da saúde mental e espiritual para autoconhecimento e expansão da consciência. 

Navegue pelas Categorias

©2021 by Jornalistas da Nova Era.